Governo pode adiar decisão sobre diminuição de etanol na gasolina

Publicado em 28/07/2011 12:25 263 exibições
A diminuição para o piso de 18% de etanol na mistura da gasolina que é vendida nos postos pode ser adiada pelo governo, que se reúne nesta quarta-feira para debater o assunto, segundo informações divulgadas pela Folha de São Paulo, nesta terça-feira. O Executivo tem medo de que a Petrobras não consiga acompanhar a demanda pelo derivado do petróleo e tenha que importar o produto pela terceira vez no ano.

Assim, existe a possibilidade da decisão ser adiada, sob argumento de que a mistura não foi testada no mercado ainda.

 A alteração poderia trazer, também, complicações técnicas para a Petrobras, que teria que mudar a octanagem de seu combustível para que o balanço seja alcançado com menos etanol na mistura. Com o refino de combustível em seu limite, a empresa ainda teria que mudar seus planos de produção para o ano.

Deverão participar do encontro desta quarta-feira os ministros de Minas e Energia, Edison Lobão, da Fazenda, Guido Mantega, e do Desenvolvimento, Fernando Pimentel. Também são aguardadas as presenças do presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli, e do diretor geral da Agência Nacional do Petróleo (ANP), Haroldo Lima.

Fonte:
Jornal do Brasil

0 comentário