Preço do petróleo cai mais de US$ 1 em Nova York

Publicado em 16/08/2011 15:04 145 exibições
O movimento do câmbio, a situação econômica europeia e o vaivém nas bolsas de valores fazem parte da agenda dos investidores nos mercados de petróleo. Eles avaliam também as palavras do presidente francês Nicolas Sarkozy e da chanceler alemã Angela Merkel após encontro em Paris, que defenderam o euro e vão propor uma tributação das operações financeiras.

Minutos atrás, em Nova York, o WTI para setembro recuava US$ 1,35, saindo a US$ 86,53. O vencimento de outubro tinha queda de US$ 1,38, para US$ 86,76.

Em Londres, o Brent com entrega em setembro baixava US$ 0,60, a US$ 109,31. O contrato de outubro diminuía US$ 0,84, transacionado a US$ 109.

Há notícias ainda de que tanques sírios abriram fogo em áreas sitiadas na cidade portuária de Latakia no quarto dia de ação militar para acabar com as manifestações contra o presidente Bashar al-Assad, conforme relato de residentes à agência Al Jazeera.

Do lado da atividade, os investidores ficaram sabendo que a economia alemã cresceu apenas 0,1% no segundo trimestre, depois de um avanço de 1,3% nos três primeiros meses do ano. O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro expandiu-se 0,2% entre abril e junho, perante o trimestre antecedente, abaixo das expectativas.

Fonte:
Valor Online

0 comentário