Kingsman reduz previsão de produção de açúcar do Brasil

Publicado em 26/08/2011 13:45 300 exibições
A produção 2011/2012 de açúcar na região centro-sul do Brasil foi estimada em 30,63 milhões de toneladas pela consultoria Kingsman, que reduziu sua estimativa nesta sexta-feira.

O volume ficou abaixo da previsão da Kingsman de julho, de 31,87 milhões de toneladas.

A consultoria avaliou que por causa das baixas produtividades nos canaviais seria difícil ver um esmagamento de cana acima de 500 milhões de toneladas.

Dessa forma, revisou para baixo sua própria previsão para 498 milhões de toneladas, contra 525 milhões de toneladas em julho.

A consultoria estima que 48 por cento da safra de cana seja usada para produção de açúcar, enquanto 52 por cento irá para etanol.

A Kingsman segue outras consultorias e a própria indústria, que têm rebaixado seus números por conta de problemas climáticos e por investimentos reduzidos nos canaviais nos últimos anos.

No início da semana, a brasileira Canaplan rebaixou a sua previsão de moagem do centro-sul para 476 milhões de toneladas, enquanto a produção de açúcar da consultoria nacional foi prevista em 28-28,5 milhões de toneladas.

As previsões são inferiores às da Unica (União da Indústria de Cana-de-Açúcar), que em 11 de agosto estimou a produção de açúcar em 31,57 milhões de toneladas, e moagem de cana em 510 milhões de toneladas.

Na quinta-feira, a Unica disse que, dependendo da produtividade verificada em agosto, poderá revisar sua previsão.

Fonte:
Reuters

0 comentário