Cana-de-açúcar: safra cai 5,6% em 2011/2012

Publicado em 30/08/2011 16:47 446 exibições
A produção nacional de cana-de-açúcar a ser moída pela indústria sucroalcooleira na safra 2011/2012 deve chegar a 588,9 milhões de toneladas. O resultado é 5,6% inferior ao registrado no ciclo passado, que chegou a 623,9 milhões de toneladas. Os números fazem parte do segundo levantamento da safra, divulgado nesta terça-feira, 30 de agosto pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

A queda da produção se deve à baixa na produtividade, causada por diversos fatores, principalmente climáticos, como a estiagem de abril e outubro de 2010, a escassez de chuva em maio deste ano, a ocorrência de geada nos estados de São Paulo, Mato Grosso e Paraná, além do florescimento excessivo. A falta de renovação dos canaviais e a redução do uso de insumos também colaboraram para a queda.

Do total de cana a ser esmagada, 51% (300,6 milhões t) são destinados à produção de 23,6 bilhões de litros de etanol. Desse volume, 14,5 bilhões de litros são do tipo hidratado e 9,1 bilhões do anidro. Os 49% (288,2 milhões t) restantes vão para a produção de 37 milhões t de açúcar, inferior em 2,8% à safra passada, quando foram produzidas 38,1 milhões de toneladas.

Área

No que se refere à área destinada ao setor, a pesquisa chega a 8,4 milhões de hectares ou ao equivalente a 4,7% a mais que a da safra anterior. O estado de São Paulo ocupa a maior parte, com 4,4 milhões hectares ou 52,6% do total nacional. Em seguida, vêm Minas Gerais (759,2 mil ha), Goiás (672,4 mil ha), Paraná (612,2 mil ha), Mato Grosso do Sul (481 mil ha), Alagoas (455,5 mil ha) e Pernambuco (325 mil ha).

A pesquisa de campo foi realizada por 44 técnicos, que visitaram 411 unidades produtoras entre os dias 31 de julho a 13 de agosto, além de contatos com representantes de entidades de classe, associações e cooperativas em todos os estados produtores.

Fonte:
Conab

0 comentário