Soja & Milho: USDA eleva produção, produtividade, estoques finais e exportações dos EUA

Publicado em 12/08/2020 13:11 e atualizado em 02/09/2020 15:15 3717 exibições

LOGO nalogo

O USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos) trouxe um aumento expressivo - mas dentro das expectativas - para a nova safra de soja dos EUA de 112,54 para 120,43 milhões de toneladas em seu boletim mensal de oferta e demanda de agosto, divulgado há pouco. 

Houve ainda aumento da produtividade para 59,73 sacas por hectare, contra 55,81 do reporte anterior, e aumento dos estoques finais de 11,57 para 16,6 milhões de toneladas. 

Por outro lado, o USDA aumentou também o esmgamento da soja para 59,33 milhões e as exportações americanas para 57,83 milhões de toneladas, contrra 58,79 e 55,79 milhões do relatório de julho. As importações foram mantidas em 410 mil toneladas. 

Safra 2019/20 - Já os estoques finais de soja da safra 2019/20 dos EUA foram revisados para baixo e passaram de 16,874 milhões para 16,738 milhões de toneladas, ficando dentro das expectativas do mercado.

SOJA MUNDO

O USDA ainda revisou para cima sua projeção para a safra mundial de soja de 362,52 para 370,4 milhões de toneladas, o que elevou os estoques finais para 95,36 milhões de toneladas, contra os 95,08 milhões de julho.  

A produção brasileira seguiu estimada em 131 milhões e a da Argentina em 53,5 milhões de toneladas. No entanto, as exportações foram revisadas para cima em ambos os casos, ficando em 84 e 7,5 milhões de toneladas, respectivamente. 

As importações da China também passaram por correção e são projetadas agora em 99 milhões de toneladas. 

USDA Agosto - Soja

MILHO EUA

Assim como esperado pelo mercado, os números do milho foram revisados para cima e mostram a robustez da nova safra americana, agora estimada em 388,08 milhões de toneladas. Em julho, eram 381,02 milhões. A produtividade subiu dde 186,72 para 190,77 sacas por hectare neste reporte de agosto. 

Dessa forma, os estoques finais de milho da nova safra dos EUA são esperados agora em 70,01 milhões de toneladas, contra 67,26 milhões de toneladas do boletim de julho. 

As exportações americanas do cereal também foram revisadas para mais e agora esperadas em 56,52 milhões de toneladas. O uso do grão para a produção de etanol foi mantido em 132,09 milhões de toneladas. 

Safra 2019/20 - Bem como para a soja, os estoques finais de milho da safra velha dos EUA também foram reduzidos e agora são estimados em 56,59 milhões de toneladas. Em julho, o número era de 57,102 milhões. 

MILHO MUNDO

O USDA estimou a produção global de milho em 1.171,03 bilhão de toneladas, com estoques finais de 317,46 milhões. Há um mês, os números eram de 1.163,21 bilhão e 315,04 milhões de toneladas. 

Na América do Sul, os números foram mantidos, com a colheita brasileira estimada em 107 milhões de toneladas e exportações de 38 milhões. Para a Argentina, é esperada uma safra de 50 milhões e exportações do cereal de 34 milhões de toneladas. 

USDA Agosto - Milho

Tags:
Por:
Carla Mendes | Instagram @jornalistadasoja
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário