Integração entre lavouras e áreas de preservação têm ajudado a aumentar fauna silvestre no Sul de GO

Publicado em 29/11/2016 17:50 e atualizado em 01/12/2016 11:10
2550 exibições
Além da proliferação de espécies nativas da região, observações mostram que novas espécies foram atraídas pela comida farta na região
Confira a entrevista de Rogério Vian/Leandro Silveira - Produtor Rural/Biólogo e Presidente do Instituto Onça-Pintada

Podcast

Lavouras ajudam a aumentar fauna silvestre e derrubam tese de que agricultura é vilã para a preservação

Download

 

Onça nas lavouras

Após a grande repercussão da pesquisa da Embrapa Monitoramento Por Satélite, que apontou que a implantação de lavouras ajudaria na melhoria e na ampliação da fauna silvestre de várias regiões, desmistificou-se o ponto de que a agricultura seria o decreto do final de uma preservação ambiental.

No dia-a-dia, a experiência dos agricultores também mostra o contrário. O Notícias Agrícolas conversou com Rogério Vian, produtor rural de Mineiras (GO), na região do Parque Nacional das Emas e também com Leandro Silveira, biólogo e presidente do Instituto da Onça Pintada.

A região, conforme relata o produtor, conta com alto nível de preservação, com o Cadastro Ambiental Rural (CAR) sendo feito corretamente e reservas legais e Áreas de Proteção Ambiental (APP) em perfeito estado, o que traz uma transição bem definida de lavoura para o cerrado.

O produtor, que sempre plantou na região, diz ter observado, nos últimos anos, depois da agricultura de larga escala, com a soja e o milho safrinha e também com a cana, o aparecimento de alguns animais como o queixada, o lobo, a arara e até mesmo a onça-pintada. Ele relata que todo mundo está ganhando com o modelo que a região trabalha.

Isso ocorre por conta da qualidade das reservas e também do espaço integrado para os animais e o desenvolvimento da fauna - as áreas de lavoura servem de alimentação para as presas das onças, que por sua vez mantêm o ciclo estando presentes ali também.

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário