Linha de financiamento para quitação de dívidas rurais do BNDES poderá ser acessada através de 55 agentes financeiros

Publicado em 09/08/2018 13:23 e atualizado em 09/08/2018 16:40
2236 exibições
Entenda quem pode acessar o recurso e preste atenção nas dicas do consultor pois não é um dinheiro barato e precisa ser utilizado com muito critério
Janio Zeferino da Silva - Consultor

Podcast

Entrevista com Janio Zeferino da Silva - Consultor sobre o Crédito de Repactuação

Download

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (09), o consultor Jânio Zeferino da Silva conversou com o Notícias Agrícolas para dar detalhes da nova linha de financiamento do BNDES para a liquidação das dívidas rurais.

Segundo ele, essa linha foi criada para "dar fôlego" para produtores que vêm obtendo créditos em bancos e fazendo dívidas junto a revendas. Ela deve incluir as dívidas vencidas entre 01/08/2017 a 31/07/2018 - ou seja, quem possui dívidas neste período vai poder realizar a repactuação.

Ele salienta a necessidade de cada produtor de estudar a situação e ver se a repactuação lhe cabe, já que a taxa de juros é de 11,36%, o que é considerado alto para o mercado.

Para realizar essa repactuação, basta o produtor procurar o banco onde possui suas dívidas de crédito rural. Existe um modelo disponível para preencher e entregar nas agências, já que, uma vez que a medida acabou de ser publicada, as normas ainda estão para chegar. São 55 agentes financeiros credenciados pelo BNDES para operar essa negociação.

O limite de orçamento para atender essa proposta é de R$5 bilhões, embora o BNDES já tenha sinalizado que, se existir demanda, mais recursos poderão ser destinados para essa questão.

Os produtores que desejarem acessar essa repactuação também devem estar com a ficha limpa e as obrigações fiscais em dia. A taxa de juros pode ser menor - existe um spread para os bancos de até 3%.

 

Por: Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário