Produtos biológicos no controle de pragas e doenças otimizam custos e potencializam produtividade; setor se expande no Brasil

Publicado em 16/05/2019 12:24 e atualizado em 16/05/2019 16:53
1573 exibições
Soja e cana-de-açúcar são as duas culturas líderes no uso dessas tecnologias e resultados são expressivos. A diante, progresso também para lavouras de algodão e café. Objetivo é promover um manejo integrado dos químicos com os biológicos e garantir práticas ainda melhores nos campos brasileiros.
Wagner Coladel - Engenheiro agrônomo e Diretor de Marketing da Agrivalle

Podcast

Entrevista com Wagner Coladel sobre o Produtos biológicos na produção de alimentos

Download

LOGO nalogo

Nesta quinta-feira (16), o Notícias Agrícolas recebeu em seus estúdios o engenheiro agrônomo e diretor de marketing da Agrivalle, Wagner Coladel, para falar sobre o uso de produtos biológicos para a produção de alimentos.

Coladel conta que a a expansão desse tipo de produto teve maior impacto em 2007, quando a legislação ficou clara para os produtos biológicos. Esse momento coincide também com a expansão no restante do mundo.

Segundo ele, os produtos biológicos vêm para atender uma demanda do consumidor por um produto mais seguro, além de também ser fundamental para a questão ambiental, que é bastante forte na produção de alimentos.

Hoje, os mercados de cana de açúcar e de soja são os maiores consumidores desse tipo de produto no Brasil. Antes, o setor de hortifrutis era quem dominava o mercado, embora os trabalhos na cana tenham começado desde a década de 80.

Ele ressalta que o produto biológico não é um concorrente do produto químico. Ele complementa e, muitas vezes, melhora o controle, ajudando a aumentar a produtividade e a eficiência do produtor.

 

Por: Carla Mendes e Izadora Pimenta
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário