Boi: Tendência de pressão sobre as cotações continua com demanda desaquecida e oferta represada de animais

Publicado em 01/07/2015 13:32
Boi Gordo: Pressão sobre os preços no mercado físico segue e é tendência para o mês de julho, com a referência em SP podendo chegar a R$ 145,00/@, à vista. Oferta represada de animais - com animais de cocho e pasto chegando ao mercado - e a demanda ainda desaquecida criam cenário favorável para a desvalorização. Fechamento de algumas plantas frigoríficas traz mais preocupação.

Os preços da arroba do boi gordo seguem pressionados no mercado físico mesmo após uma ligeira melhora nas cotações na última semana. Em São Paulo os negócios acontecem em torno dos R$ 146,00/@ à vista.

Para Gustavo Figueiredo, consultor da Agrifatto a tendência é de mercado pressionado no mês de julho, com os preços em São Paulo trabalhando a R$ 145,00 a arroba em frigoríficos menores, haja vista uma ligeira melhora de oferta aliado a demanda enfraquecida por conta de um cenário econômico desfavorável.

"A seca chegou e aqueles animais de pasto que ganhavam 80gr/dia passa a não ganhar mais, e os preços não subiram mesmo com uma retração da oferta por parte dos pecuaristas", afirma Figueiredo. Diante disso, houve um incremento da oferta com animais de cocho e pasto.

Além disso, com o consumo em baixa os frigoríficos ajustaram seus abates, e "mesmo com menor oferta ainda temos uma sobra de oferta porque a capacidade de abate diminuiu nos últimos meses", explica o consultor. O fechamento de algumas plantas frigoríficos em todo o país também preocupa o mercado, pois as indústrias começam a se ajustar diante da conjuntura economia preocupante.

Segundo ele, os preços praticados até o momento ainda são remunerados para os pecuaristas que possuem animais de estoque e semiconfinamento, porém "as contas para as próximas engordas serão diferentes e terão que ser muito bem analisadas", alerta Figueiredo.

Tags:
Por:
Carla Mendes e Larissa Albuquerque
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário