Frigoríficos resistem em aumentar preços pagos pela arroba após avanço nos preços da carne

Publicado em 19/09/2016 14:01 e atualizado em 19/09/2016 15:41
578 exibições
Mas sem novos patamares de preços para arroba, escalas não avançam

O mercado do boi gordo inicia mais uma semana com preços firmes. Apesar da recuperação nas cotações da carne no atacado [que proporcionaram a melhora nas margens de comercialização das indústrias] os frigoríficos resistem em pagar mais pela arroba e mantém a referência em R$ 150,00/@ em São Paulo.

No entanto, de acordo com Marcelo Costa, analista da Socopa Corretora, "algumas indústrias que precisaram repor as escalas tiveram que pagar um pouco mais, fazendo com que o mercado alcançasse um nível melhor de preço desde o final da semana passada."

Assim a expectativa do analista é que nesta semana o R$ 150,00/@ vire piso para os negócios e a efetivação de compras aconteça próximo de R$ 152,00/@ a vista.

As cotações futuras do boi gordo na BM&F Bovesp também indicam a tendência positiva. O contrato outubro/16 está cotado próximo de R$ 152,70/@ enquanto que o novembro já aponta a arroba sendo negociada a R$ 154,00/@.

Diante disso, Costa afirma que "o cenário de firmeza deve se manter no próximo mês, já que a expectativa do mercado é de que daqui para frente à oferta tende a diminuir."

Por: Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário