Preços até R$ 5/@ acima no PA mostra concorrência em algumas regiões e até mesmo menor oferta de animais

Publicado em 06/04/2018 14:36 e atualizado em 06/04/2018 16:24
1133 exibições
Bezerros e garrotes muito procurados nos últimos anos para exportação podem estar fazendo falta no plantel de boi gordo agora, além de estradas ruins, pelas chuvas, que limitam o trânsito de animais. @ vai de R$ 130 a R$ 135/30 dias.

LOGO nalogo

Nos últimos anos se intensificou a exportação de gado em pé com bezerros e garrote na região de Marabá/PA. Na qual, contribuiu para as ofertas mais enxutas e que pode favorecer os pecuaristas durante o período da entressafra.  

De acordo com o presidente da Associação dos Criadores do Estado do Pará (Acripará), Maurício Fraga, em virtude dos acontecimentos políticos que o país enfrenta acaba afetando o mercado do boi. “Na região sul do Pará, tem uma grande influência de assentamento e eles estão fechando as estradas, sendo que as opções de logísticas não são muitas”, afirma

O excesso de chuvas também está prejudicando o escoamento da carga até os frigoríficos, sendo a maior parte dos dias da semana são feitas deslocamento com as cargas. Em relação às pastagens, a liderança saliente que até os meses de junho as condições vão ser favoráveis aos produtores.  

Até o momento, as referências para a reposição estão em torno de R$ 130,00/@, a prazo. Já os frigoríficos com escalas muito curtas estão pagando por volta de R$ 135,00/@ a prazo. “Os frigoríficos da região que está pagando mais caro é o Marfrig, essa disparidade de preços está ligada a concorrência para formar lote”, destaca.

Por: Giovanni Lorenzon e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário