Boi com rendimento superior de carcaça está dando prêmio de até R$ 5 no MT e melhorista vende mais na fazenda que em leilões

Publicado em 19/11/2018 13:12 e atualizado em 19/11/2018 15:00
1293 exibições
Fazenda Camparino famosa pelo selecionamento de nelore e há menos tempo no sindi (pioneira na introdução da raça no MT) abate 15% na desmana e 20% de descarte anual por idade. Bezerro hoje desmana com 270kg em 240 dias.
José Alberto Vilela Martins - Proprietário Fazenda Camparino

Podcast

Entrevista com José Alberto Vilela Martins sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

No estado do Mato Grosso, animais da raça sindi com melhoramento genético estão com rendimento superior de carcaça estão dando prêmios de até R$ 5,00 e os melhoristas estão conseguindo vender nas próprias fazenda do que em leilões.

De acordo com o Proprietário da Fazenda Camparino, José Humberto Vilela Martins, a genética na pecuária não está economicamente favorável. “Eu acredito muito na genética, é só ver os resultados que aconteceram no Brasil com o frango, suínos e nas sementes de soja. Porém, a pecuária acabou ficando muito atrás e futuramente vai ter a necessidade do setor evoluir”, destaca.

Já para os pecuaristas que querem comprar materiais genéticos, Martins ressalta que este é o momento com preços ideais. “Os produtores estão tendo oportunidades e os valores estão muito bons com diversas formas de pagamentos. Hoje, só não compra genética quem não quer”, afirma.

A maioria dos pecuaristas não fazem a estimativa de produtividade e não tem de quanto lucram com cada raça.“Eu digo que 90% dos produtores não fazem essa conta e na hora que fizer vai mudar muita coisa”, completa.

Por: Giovanni Lorenzon e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário