Oferta curta deve estimular alta do boi nos próximos 20 dias. Com ajuda da demanda, ganhos podem chegar até R$20/@

Publicado em 18/07/2019 12:29 e atualizado em 18/07/2019 15:39
3633 exibições
Mas analista lembra que apenas a alta nos preços da @ não garante renda ao pecuarista. É preciso acompanhar como vão evoluir os custos
Gustavo Figueiredo - Analista da AgroAgility

Podcast

Entrevista com Gustavo Figueiredo - Analista da AgroAgility sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

A redução na oferta de animais deve estimular a alta nas referências para o mercado do boi gordo nos próximos 20 dias. Diante desse cenário, os ganhos por arroba podem alcançar R$ 20,00 por arroba se a demanda da China aumentar. A expectativa é que as indústrias frigoríficas comecem a competir por matéria-prima.

Segundo o Analista da AgroAgility, Gustavo Figueiredo, as programações de abate nos estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul estão longas e a tendência é que a oferta diminua entre agosto e setembro. “Os fatores que contribuíram para essa diminuição é a seca severa aliada à geada e nós acreditamos que nos próximos 20 dias vai ter uma mudança no cenário do boi”, afirma.

No estado de Minas Gerais, esse cenário já está acontecendo com preços muitos próximos ao observados em São Paulo. Por outro lado, esse cenário deve demorar um pouco a mais no Mato Grosso por conta do número de animais confinados já que o volume é bem expressivo.

As estimativas da consultoria apontam que no ano de 2020 o cenário de preços para o boi gordo será mais firme. “Nós esperamos uma retomada econômica do país do que está sendo neste ano e também podemos ter uma inversão de ciclo com um abate de fêmea menor do que observado em 2017”, destaca.

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

2 comentários

  • Eduardo Ferraz Pacheco de Castro Cuiabá - MT

    O tempo nos mostrou que este foi o maior "CHUTE" da história.

    2
  • joão Lunardi SÃO JOSÉ DOS QUATRO MARCOS - MT

    Se a demanda da China por carne bovina aumentar, o consumo interno aumentar, os custos com confinamento também aumentarem e a oferta diminuir, etc etc etc . E após tudo isso o preço subir apenas R$ 20.00 é sinal de que estamos realmente perdidos...

    2
    • Virgilio Andrade Moreira Guaira - PR

      A produção mundial tambem aumenta muito.. Brasil,, Paraguay,, Argentina, etc.. etc... O mercado é soberano.

      0
    • Carlos Frederico Magalhães Cerqueira Uberlândia - MG

      Abate de vacas?!...reduzir? onde mesmo?! porque só vem aumentando e já ultrapassa os 52% do abate geral..., se continuar assim boi não sobe nunca!!! informações para inocentes de mercado. Precisa subir é R$ 50,00/@ urgente, senão daqui uns tempos nem gado macho nem gado fêmea os frigoríficos irão ter ofertados.

      2