Frigoríficos compram sem pressa e evitam pressão nos preços da arroba do boi em SP

Publicado em 20/08/2019 17:55 e atualizado em 21/08/2019 13:51
462 exibições
Pecuarista em SP acredita em arroba estável em R$155,00 até o final de agosto
Juca Alves - Pecuarista

Podcast

Mercado do Boi Gordo - Entrevista com Juca Alves - Pecuarista

Download

LOGO nalogo

No estado de São Paulo, as indústrias frigoríficas estão sem pressa para comprar matérias primas. Diante desse cenário, as referências para a arroba não estão sendo comprometidos com a pressão nas cotações. De acordo com o pecuarista de região de Barretos/SP, Juca Alves, com a entrada da segunda quinzena do mês o consumo passa a ser mais restrito.

“Os frigoríficos estão comprando compassadamente e as grandes indústrias estão com escalas praticamente formadas com boi a termo. Isso acaba limitando um pouco o viés de alta. Atualmente, a cotação está me torno de R$ 154,00/@ a R$ 155,00/@, com trinta dias para descontar o funrural”, comenta.

Para os próximos dias, não tem expectativas de melhora nos preços da arroba. “O consumo doméstico acaba limitando e não tem como aumentar as cotações com essa situação”, ressalta.

Com relação às escalas de abate, o pecuarista salienta que os pequenos frigoríficos têm escalas para cinco dias úteis e os grandes estão próximos de dez dias úteis.  “Eu acho que o mercado vai ficar de lado até o final do mês que vai limitar o número de abates por dia”, afirma.

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário