Na região de Vila Rica/MT, a cotação arroba não cobre os custos de produção devido aos preços do milho

Publicado em 27/08/2019 12:30 e atualizado em 27/08/2019 15:03
1015 exibições
Com um milho precificado ao redor de R$ 26,00 a R$ 28,00 a saca, os pecuaristas não estão conseguindo boas margens de lucros. Na localidade, as escalas de abate estão em torno de 4 a 5 dias úteis.
Anísio Vilela Junqueira Neto - Presidente do Sindicato Rural de Vila Rica/MT

Podcast

Entrevista com Anísio Vilela Junqueira Neto - Presidente do Sindicato Rural de Vila Rica/MT sobre o Mercado do Boi Gordo

Download

LOGO nalogo

No município de Vila Rica/MT, os pecuaristas não estão conseguindo boas margens de lucros com os atuais preços da arroba que está cotada a R$ 141,00/@ no balcão. No entanto, os animais bem acabados estão em torno de R$ 143,00/@ para descontar o funrural.

De acordo com o Presidente do Sindicato Rural da localidade, Anísio Vilela Junqueira Neto, os pecuaristas têm muitos gastos nesta época do ano em que os animais estão em confinamento. “É muito complicado o produtor dar conta em função dos preços do milho”, afirma.

As programações de abate está ao redor de 4 a 5 dias, porém alguns animais do primeiro giro do confinamento já estão entrando no mercado. “O boi que está entrando no mercado foi fechado no mês de junho e as últimas chuvas que tivemos na região aconteceram em maio deste ano”, comenta.

A região tem que levar os animais para abater na região de Confresa/MT, isso porque, o frigorífico da cidade foi fechado por não ter a certificação CIF. “Com isso, a indústria fica livre para ofertar o preço que pode e que as referências não tenham uma alta”, ressalta.

Por: Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário