Exportação em alta, ajustes na produção interna e irrigação da economia ajudam a sustentar @ do boi

Publicado em 17/04/2020 12:38 e atualizado em 17/04/2020 14:05 2577 exibições
Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos
Desde o carnaval , no final de fevereiro , os preços da arroba vem se mantendo firmes ao redor dos R$200 em SP

Podcast

Mercado do Boi Gordo - Entrevista com Douglas Coelho - Sócio da Radar Investimentos

Download

LOGO nalogo

As margens de lucros das indústrias frigoríficas registaram um bom desempenho nos quatro primeiros meses deste ano, se comparado com o mesmo período de 2019. Um dos fatores que têm colaborado para este cenário são as exportações que estão ajudando a escoar a produção de carne bovina. 

Segundo o Sócio da Radar Investimentos, Douglas Coelho, as indústrias que estão habilitadas a exportar para a China aumentaram o volume de abates nos próximos dias. “Nós continuamos muito otimistas com a demanda externa já que 70% das empresas na potência Asiática retomaram as atividades”, comenta. 

Para atender a demanda do mercado externo, alguns frigoríficos vão trabalhar neste final de semana e no próximo feriado para cumprir os contratos. “Os dados que saíram na China são animadores e as exportações amenizam os impactos do consumo interno”, afirma. 

Os preços no mercado do atacado não recuaram diante do isolamento da população brasileira. “Nós acreditamos que a demanda interna esteve sustentada, principalmente pelo o auxílio emergencial que chegou em um bom momento”, aponta.. 

Coelho ainda ressalta que os preços do boi gordo não tiveram alterações desde o feriado da quarta-feira de cinzas, que foi comemorado no dia 26 de fevereiro. “Ele ficou praticamente estável, enquanto as vendas no mercado externo aceleraram  e tivemos habilitação de novas plantas a exportar para o Egito”, destaca.

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário