Apesar das altas na arroba do boi, margem de lucro e poder de compra dos pecuaristas estão em queda

Publicado em 04/03/2021 12:24 e atualizado em 04/03/2021 17:07 3429 exibições
Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto
Relação de troca entre a arroba do boi com milho, farelo de soja e reposição piorou nos últimos meses

Podcast

Entrevista com Yago Travagini Ferreira - Analista de Mercado da Agrifatto sobre o Mercado do boi gordo

Download

LOGO nalogo

O poder aquisitivo do pecuarista não cresceu no mesmo ritmo que a arroba do boi gordo e esse cenário é reflexo do aumento dos insumos. De acordo com o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), o produtor conseguiu adquirir cerca de 40,19% a menos da tonelada de farelo de soja com uma cabeça de bezerro frente ao ano anterior. 

Segundo o analista de mercado da Agrifatto, Yago Travagini Ferreira, a relação de troca registrou o pior momento em fevereiro com os preços do milho elevados. “Hoje, é possível comprar 3,55 sacas de milho com uma arroba vendida, mas no ano passado estava em  4,10  sacas do cereal por uma arroba vendida”, informou. 

Os frigoríficos que atendem o mercado interno ficaram com a rentabilidade comprometida com o escoamento em ritmo lento. “A indústria precisa pagar de R$ 280,00/@ a R$ 300,00/@, mas não sabe como repassar para a carne bovina. Por isso, uma das estratégias adotadas é pular dias de abate e férias coletivas”, comentou. 

A rentabilidade no varejo está comprometida com a população descapitalizada. “Nós estamos com alta taxa de desemprego e o varejo fica com dificuldade em repassar novas altas para a arroba. Há dois anos atrás, os cortes do acém e coxão mole estavam cotados a R $25,00/kg. Hoje, está precificada a R$ 35,00/kg”, destacou. 

Leia Mais:

+ Poder aquisitivo do recriador não avançou no mesmo ritmo do mercado de reposição, informa IMEA

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário