China libera entrada da carne bovina brasileira certificada antes do embargo. Decisão pode estimular altas momentâneas da arroba

Publicado em 23/11/2021 12:37 e atualizado em 23/11/2021 19:12 3525 exibições
Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos
Estimativas apontam para cerca de 120 mil a 140 mil toneladas autorizadas a entrar na China e um faturamento de R$1bi

Podcast

Entrevista com Caio Junqueira - Analista de Mercado da Cross Investimentos sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

Na manhã desta terça-feira (23), as autoridades chinesas liberaram a entrada da carne bovina que foi produzida e certificada antes do dia 04 de setembro, quando ocorreu o embargo das exportações após a confirmação de dois casos atípicos da doença da vaca louca nos estados de Minas Gerais e Mato Grosso. 

De acordo com o  Analista de Mercado da Cross Investimentos, Caio Junqueira, essa informação traz um otimismo para o mercado pecuário. “As indústrias estavam à espera de boas notícias da China, principalmente para dar um destino a carga que está em algum porto entre Brasil e China ou dentro de algum armazém”, destacou em entrevista ao Notícias Agrícolas. 

O analista ainda aponta que a potência chinesa liberou a carga em um momento de aumento no consumo de proteína e na necessidade de fazer um estoque de carne para o feriado do ano novo lunar, que ocorre em fevereiro. “Eu acho que o segundo passo antes da reabertura é regularizar o estoque sem o certificado internacional antes do dia 04 de setembro”, comentou. 

Os efeitos práticos dessa liberação da entrada da carne bovina na China não deve afetar os preços da arroba bovina. “O movimento de alta está sendo resultado da baixa disponibilidade de animais e do aumento da procura das indústrias.  Porém, não descartamos a possibilidade de valorização com essa informação, já que a maioria dos pecuaristas estão colocando um ágio sobre as negociações”, reportou. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário