Boi: animais programados para entrega em janeiro já trabalham com margens positivas de R$ 900 em SP e MT

Publicado em 29/11/2021 12:09 e atualizado em 29/11/2021 15:35 3003 exibições
Marcos Araújo - Analista da Agrinvest
Momento de recuperação dos preços requer estratégias de comercialização para evitar surpresas. Contratos de opções podem ser utilizados tanto para garantir um piso quanto para participar de um movimento de alta do mercado

Podcast

Entrevista com Marcos Araújo - Analista da Agrinvest sobre o Mercado do Boi Gordo

Logotipo Notícias Agrícolas

As estimativas da Agrinvest apontam que considerando os preços futuros em janeiro de R$ 335,00/@, os confinadores no Mato Grosso e São Paulo podem ter uma rentabilidade R$  922,00/@ por animal gordo abatido até o final de janeiro. O analista da Agrinvest sobre o Mercado do Boi Gordo, Marcos Araújo, recomenda que os pecuaristas façam uma proteção de preços para garantir a lucratividade. 

Apesar da saída da China dos embarques, o  movimento de recuperação dos preços da arroba bovina foi em ‘V’ tanto no mercado físico quanto no futuro. “A cotação no mercado futuro saiu de R$ 340,00/@ para R$ 257,00/@, sendo que alguns pecuaristas registraram prejuízos de R$ 1.500,00 por animal abatido em outubro”, informou.  

No atacado paulista, as referências do traseiro estão próximas de R$ 24,15/kg, enquanto o dianteiro está precificado em R$ 17,00/kg e a ponta de agulha está ao redor de R$ 17,26/kg. “Com esses valores é possível pagar um boi casado de R$ 307,00/@, isso sem considerar os subprodutos que os frigoríficos conseguem comercializar”, destacou.  

O analista ainda aponta que os preços elevados da carne bovina ao consumidor não devem seguir sustentados por muito tempo. “A população não vai conseguir pagar preços elevados por muito tempo, ainda mais que no começo do ano o consumo tende a cair com a população descapitalizada”, ressaltou. 

Por:
Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

Ao continuar com o cadastro, você concorda com nosso Termo de Privacidade e Consentimento e a Política de Privacidade.

0 comentário