João Abraão: BNDES envia circular sobre a linha para saldar dívidas rurais. Mas Bancos estão resistentes

Publicado em 20/08/2019 15:09 e atualizado em 20/08/2019 17:42
4645 exibições
Produtor precisa avaliar se o custo do financiamento via BNDES é vantajoso em relação ao já existente
João Abraão Fo. - Dir. Sind. Rural Altinópolis-SP

Podcast

Circular do BNDES - Entrevista com João Abraão Filho - Dir. Sind. Rural Altinópolis-SP

Download
LOGO nalogo

João Abraão Filho, diretor do Sindicato Rural de Altinópolis-SP conversou nesta terça-feira (19) com o Notícias Agrícolas, para explicar alguns pontos sobre a nova linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que tem como objetivo dar um folego ao produtor que teve um déficit de rentabilidade. Nos últimos dias o BNDES divulgou a circular para as agências credenciadas ao banco. 

O financiamento que está sendo chamado de BNDES Automático, segundo João Abraão, está disponível desde o último dia 15 de agosto, mas está sendo feito um trabalho para convencer os bancos aderirem a nova medida liberada pelo BNDES. "A medida traz um folego para o agricultor. Ao invés do produtor pagar o custeio desse ano, ele tem um folego e começa a pagar só o juros a partir do ano que vem", explica. 

De acordo com o presidente do sindicato, a própria instituição que o produtor tem conta é quem aciona o BNDES para solicitar o recurso, da mesma maneira que os bancos já fazem para solicitar recursos para outras áreas. O diferencial do financiamento é que o produtor ganha um prazo de carência de três anos para começar a pagar a dívida. Os fornecedores também poderão utilizar a linha de crédito, com uma carência de 24 meses para início de pagamento. 

 

 

 

 

 

 

 

Por: Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário