Sudeste e parte do Centro-Oeste recebem 3 vezes mais chuvas que o normal para o período. Agora o alerta fica para geadas no Sul

Publicado em 07/06/2016 12:05 e atualizado em 07/06/2016 16:23
2777 exibições
Atlântico aquecido provocou chuvas em excesso e agora o avanço de uma forte massa de ar polar deve fazer as temperaturas despencarem na metade sul do Brasil

As chuvas em excesso que atingem desde o norte Paraná ao Triangulo Mineiro, prejudicando a colheita do café e da cana de açúcar devem parar nesta semana.

No interior de São Paulo os volumes passaram de 150 mm. Apenas na primeira semana do mês, a pluviometria acumulada já é de 131 mm, o que representa 137% a mais do que a média histórica para junho no estado.

Nas regiões produtoras de café, as chuvas dos últimos dias já tem causado prejuízo. A maior umidade atrapalha na secagem dos grãos e os frutos que caem no chão perdem a qualidade.

O aquecimento das águas do atlântico no final de abril, início de maio foi o grande responsável pelo excesso de precipitações do cinturão produtivo de café e cana do Brasil.

Segundo o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, as águas que estavam até 1°C mais quentes "potencializavam qualquer sistema meteorológico e servia como uma barreira natural", explica.

"A boa notícia é de que essa chuva tem prazo para acabar nesta terça-feira", destaca Nascimento. Para os próximos quinze dias - de 08 a 22 de junho - as previsões indicam um resfriamento das águas do atlântico e consequentemente o corte das chuvas no sul e sudeste, assim como no centro-oeste e nordeste.

"A tendência para o resto do ano é um clima mais dentro do normal, e no inverno é esperado tempo seco e frio", lembra o meteorologista.

Geada

As preocupações se voltam agora para o risco de geadas em toda a região que compreende desde o Rio Grande do Sul ao sul de São Paulo e Mato Grosso do Sul. As previsões indicam a chegada de uma massa de ar polar de alta intensidade nos próximos dias, trazendo alerta as áreas de milho safrinha.

"Temos alguns pontos de São Paulo que poderão ter geada no próximo domingo (12) com temperaturas por volta dos 5°C", destaca Nascimento.

No sul, as condições de geada devem permanecer ao longo de toda a semana, com início previsto para esta quarta-feira (8). No Paraná, o Sistema Meteorológico do estado (Simepar) informou que o fenômeno já poderá ocorrer nesta quarta-feira e quinta-feira.

Segundo o meteorologista as geadas previstas têm potencial para prejudicar parte da safra de milho, principalmente do Paraná - o segundo produtor do cereal do Brasil.

Chuvas de  08 a 22 de junho 2016 - Climatempo

Temperaturas de 08 a 13 de junho 2016 - Climatempo

Por: Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário