Ferramenta ajuda produtor a decidir o melhor momento de plantio e aponta como o clima influencia o desenvolvimento das lavouras

Publicado em 06/09/2016 12:50 e atualizado em 08/09/2016 12:51
6035 exibições
Simulações com base no cruzamento de dados pode ajudar a potencializar produtividade das lavouras

A poucos dias do início do plantio da safra de verão no Brasil, muitas dúvidas ainda pairam sobre o produtor. As chuvas que estão sendo registradas nesse momento em várias regiões produtoras são suficientes para iniciar o plantio? O solo tem reserva hídrica em caso de interrupção das chuvas? Qual é o melhor momento de plantio para que a semente encontre condições para expressar seu máximo potencial produtivo? Respostas que podem ser encontradas com o apoio da tecnologia a partir do cruzamento de várias informações (solo, previsões climáticas, ciclo da semente, etc) .

A ferramenta disponibilizada pelo site www.cropview.com.br auxilia na tomada de decisão dos produtores e na definição do melhor momento do plantio e colheita. O  Cropview, permite que o usuário faça o monitoramento em tempo real da lavoura, acompanhando dados climatológicos e de produtividade.

A sócia fundadora da Rural Tecnologia, Cristina Queiroz, explica que o programa utiliza "um modelo matemático que calcula as necessidades hídricas e de temperatura, a partir da fenologia de cada cultivar".

Dessa forma, é possível determinar [por meio de coordenada geográfica] o balanço hídrico especifico de cada propriedade, avaliando como futuras chuvas irão se comportar no solo, e o melhor período para realizar a semeadura e até mesmo a colheita.

Além disso, Queiroz afirma que o programa permite fazer um comparativo de produção e clima em diversas regiões, através de uma base de dados históricos.

A ferramenta poderá orientar os agricultores nas tomadas de decisão no campo. O plantio da safra 2016/17, por exemplo, está autorizado a partir do dia 15 de setembro nas principais regiões produtoras, mas fazer a escolha de qual o momento de iniciar os trabalhos de campo ainda é uma dúvida dos produtores em todo o país.

O produto passou por 10 anos de testes a campo, sendo alimentado com dados meteorológicos e o resultado de produção, que permitem avaliar [com antecedência] o melhor momento para cultivar culturas como café, soja, milho, cana-de-açúcar entre outras culturas, nas principais localidades produtoras do Brasil.

O engenheiro agrônomo, Paulo Murray, destaca ainda que o modelo também possui alertas de colheita "que começam a aparecer de 15 a 20 dias antes, para que o produtor consiga se programar para a janela ideal de colheita." Além disso, é possível receber notificações de geadas, e condições climáticas favoráveis ao desenvolvimento de doenças.

No entanto, Queiroz ressalta aos produtores que as previsões climáticas são constantemente atualizadas. "Por isso é importante acompanhar o histórico de produtividade da região ao longo dos anos", acrescenta e fazer o monitoramento sistemático no site.

Em simulações feitas para os internautas do Notícias Agrícolas, duas realidades diferentes. Em Maringá-PR , produtores já encontram condições ideais para o plantio e com resultados promissores para quem plantar até início de outubro. Já para os produtores de Primavera do Leste-MT, as condições não são favoráveis e um plantio ideal só a partir de final de outubro. 

São simulações específicas e apenas municipios muito próximos e com mesma altitude tendem a ter condições parecidas. 

Para saber mais, acompanhe no vídeo a simulação realizada pela equipe do Cropview.

Por Aleksander Horta e Larissa Albuquerque
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário