Em Tupanciretã - RS,Condições climáticas parecidas com a de 2011 podem reduzir potencial produtivo da soja pela metade

Publicado em 18/11/2016 14:12
1444 exibições
Em Canarana-MT , regularização das chuvas em novembro traz boas condições para o desenvolvimento das lavouras com resultados bem próximos ao potencial produtivo
Confira a entrevista de Cristina Queiroz - Rural tecnologia

A ferramenta Crop View, que avalia a condição das safras pelo Brasil, trouxe nesta sexta-feira (4) as informações dos dados de plantio de soja para os municípios de Tupanciretã (RS) e Canarana (MT).

De acordo com Cristina Queiroz, da Rural Tecnologia, as notícias "não são boas" para a região de Tupanciretã, que deve enfrentar problemas com a falta de chuvas que atingirá o Centro-Sul do país neste ano de La Niña.

A simulação feita pela ferramenta indica uma penalização mais intensa para quase todas as datas de plantio - com exceção de uma simulação de plantio em 20 de setembro, que teria uma produtividade de 83%. Para o plantio em 01 de outubro, a penalização é de 68%, seguida por 61% em 10 de outubro, 56% em 01 de novembro, 60% em 15 de novembro e 54% em 30 de novembro.

Setembro, portanto, foi o melhor momento - mas poucas lavouras foram implementadas nesta data. A partir de agora, a quantidade de chuvas passa a ser menor e deve haver um déficit hídrico, levando a região a um quadro semelhante a 2011, quando houveram momentos difíceis para a lavoura relacionados ao clima.

Já para o Mato Grosso, as notícias são boas. A cidade de Canarana deverá ter uma produtividade alta, com um potencial de produção elevado que não sai da casa dos 90%. Isso é porque a região, por sua vez, deve receber volumes de chuvas que beneficiarão o desenvolvimento das lavouras.

Segundo a simulação feita pelo Crop View, o plantio em 01 de outubro traz uma produtividade de 93% para o ciclo de 120 dias e de 95% para o ciclo de 110 dias. Em 15 de outubro, produtividade de 98% para os ciclos de 100 e 110 dias e de 95% para o ciclo de 120 dias. O plantio em 10 de novembro, por sua vez, deve alcançar uma produtividade de 97%.

Os internautas que quiserem conhecer a ferramenta CropView podem acessar o site www.cropview.com.br. Ao realizar o cadastro, são 30 dias grátis para experimentar a ferramenta e observar as melhores condições para a sua área de plantio.

Também é possível entrar em contato com a Rural Tecnologia por meio do telefone (11) 5505-4646 ou do e-mail [email protected]

Por:
Aleksander Horta e Izadora Pimenta
Fonte:
Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Rudinei Luis Erpen Lagoão - RS

    Em Lagoão (RS) a situação é muito semelhante..., chuvas torrenciais comprometeram o potencial produtivo, o stand de plantas não é o ideal, e Nas partes mais baixas e encharcadas as plantas morreram..., se não bastasse, hoje amanheceu 1,8 graus na cidade de Soledade, próxima daqui, dado este marcado em uma estação climática oficial. Vamos ver onde iremos..., esse é apenas o começo. Abraços

    1
    • Paulo Roberto Rensi Bandeirantes - PR

      Essa é a "montanha russa" em que o produtor rural vive ...

      0
    • Rubenson Antônio Assinck Santa Bárbara do Sul - RS

      Não sei não, não conseguem acertar a previsão do tempo nem pra três dias....

      0
    • Rubenson Antônio Assinck Santa Bárbara do Sul - RS

      Foi em 2011-2012, que tivemos aqui uma seca de seis meses, e NINGUÉM conseguiu prever, muito pelo contrário, as previsões eram de chuvas dentro da média.

      0