Inmet monitora nova massa de ar frio no final do mês que pode ser tão intensa quanto a que provocou geadas generalizadas no país

Publicado em 15/07/2019 12:14 e atualizado em 15/07/2019 15:08
7064 exibições
Nessa semana , chuvas e a atuação de uma massa de ar frio devem derrubar as temperaturas no Sul, parte do Sudeste , Sul do MS e Sul de GO, mas com passagem rápida e sem grandes riscos para as lavouras
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre o Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

Os meteorologistas estão monitorando a massa de ar frio que está prevista para o final do mês. As condições climáticas apontam que a queda nas temperaturas vai ser tão intensa como já observados na semana passada em que as geadas atingiram as lavouras de café no sul de Minas Gerais.

De acordo com o Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, Francisco de Assis Diniz, as previsões climáticas indicam uma nova frente fria para o sul do país que está causando chuvas na região de Santa Catarina e parte do Paraná. “Essa frente deve avançar aos poucos a partir de amanhã e deve causar chuvas na parte litoral sudeste de São Paulo”, afirma.

A frente fria não vai avançar para as outras localidades em função da os ventos que vão empurrar para o oceano. “A massa de ar frio que está atrás dela também vai correr para o oceano, e assim, vai evitar ter contraste de maior temperatura do continente. No entanto, essa massa de ar frio tem um risco de geadas para o sul do estado de São Paulo, em que as temperaturas devem chegar aos 12 graus”, comenta.

Por: Aleksander Horta e Andressa Simão
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário