Nova frente fria se forma a partir de 18/10 no Sul do país e se desloca para a região Central promovendo chuvas bem distribuídas

Publicado em 14/10/2019 12:33 e atualizado em 15/10/2019 11:28
8255 exibições
Frente fria se encontra com umidade amazônica e promove boas chuvas na região Central e parte do Matopiba a partir do dia 20/10
Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet

Podcast

Entrevista com Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet sobre a Previsão do Tempo

Download

LOGO nalogo

Nesta segunda-feira (14) Francisco de Assis Diniz - Chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet, disse ao Notícias Agrícolas o que o produtor pode esperar das condições climáticas nos próximos dias. Os dados do Inmet indicam que a formação de uma frente fria deve acontecer a partir do dia 18 na região Sul, que se desloca e promove chuvas bem distribuídas na região Central do país. 

Produtores da região Central estão aguardando as chuvas para que o plantio da soja e Francisco alerta que as condições climáticas já estão mudando. "Já é um padrão mais propriamente dito das condições de chuva do Centro do Brasil, já está mais distribuído", afirma.

Os mapas do Inmet indicam ainda que neste período, a frente fria se encontra com a umidade amazônica, promovendo boas chuvas também em parte do Matobipa a partir do próximo dia 20. Francisco afirma que é importante que o produtor esteja atento às condições do solo antes de iniciar o plantio, tendo em vista que a região poderá ficar sem chuvas após a passagem da frente fria. A previsão é de que as condições de chuvas fiquem melhores em novembro. 

Já para os produtores do norte do Paraná, a condição ainda é de chuvas irregulares pelo menos até o próximo dia 21. As condições climáticas indicam que até o dia 21 a região deverá receber entre 15 e 30 milímetros de chuva. Já a região sul do estado apresenta condições de chuvas significativas. 

Nesta segunda-feira, os mapas do Inmet indicavam ainda uma formação de nuvens na região norte e parte da região central no estado do Mato Grosso, segundo Francisco a condição climática apresenta condições de pancadas de chuvas, mas ainda em áreas isoladas. 

Últimos dias

A região sul do país, região que tem recebido os maiores volumes de chuvas, ficou sem chuvas durante o final de semana. O curto período de estiagem deve acabar ainda nesta segunda-feira, tendo em vista que os mapas já apresentam novas condições de chuvas para a região.

Nos últimos cinco dias, o estado do Mato Grosso registrou acumulados de até 70 milímetros na região central e norte do estado. Assim como nas regiões sul e centro de Goiás, Triângulo Mineiro e sul de Minas Gerais. Entre quinta e sexta-feira, Rio de Janeiro e região do café também tiveram chuvas.

Mato Grosso do Sul e São Paulo registraram chuvas de baixo volume durante o final de semana. Já as regiões norte e oeste da Bahia não tiveram chuvas registradas. 

Veja também: 

>>> Tempo: Frente fria avança sobre o Sul com alerta de tempestade nesta 2ª no RS, SC e PR

>>> EUA: Frio intenso e neve do final de semana foram piores do que o esperado; veja fotos

Por: Aleksander Horta e Virgínia Alves
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário