DA REDAÇÃO: Relator do Código Florestal na Câmara quer adiar votação para que acordos avancem

Publicado em 06/03/2012 13:27 e atualizado em 06/03/2012 15:49 531 exibições
Código Florestal: lideranças se reúnem com presidente da Câmara para discutir o início da votação pelos Deputados ainda nesta terça-feira (06), às 19 horas. Relator pede prazo de mais uma semana para continua debate sobre a consolidação das APPs, assim como levar legislação para áreas urbanas.
O Colégio de Líderes do Congresso Nacional negocia sessão extraordinária com presidente da Câmara para o início da votação do novo Código Florestal pelos Deputados ainda nesta terça-feira (06), às 19 horas. Entretanto, o relator do projeto de lei na Câmara, o deputado Paulo Piau (PMDB-MG), afirmou que, embora seu relatório esteja pronto, o texto só será apresentado quando houver acordo para a votação.

"A bem do projeto, eu pedirei a adiação de uma semana para que os acordos possam avançar... Uma semana a mais não vai fazer diferença desde que a vontade de continuar a votação exista", comenta. Na visão do deputado, pelo menos dois pontos do projeto ainda estão bastante distantes de um acordo como, por exemplo, a consolidação da agricultura em APPs e a extensão da lei para áreas urbanas.

Piau faz um apelo para que as lideranças do setor agropecuário brasileiro se manifestem em favor do texto original da Câmara, que consolida atividades agrícolas em APPs. "Não há consolidação irrestrita... um dos caminhos é voltar ao projeto da Câmara que na verdade consolida tudo, mas depois, com o programa de regularização, resgata o que é importante para o meio ambiente num projeto assinado por um técnico do meio ambiente", ressalta.

Após a última etapa de votação e o sancionamento do projeto pela presidente Dilma, a discussão de alguns pontos omissos do texto, como  agricultura irrigada, por exemplo, deve voltar às pautas do Congresso nos próximos 5 anos.

Por:
João Batista Olivi e Marília Pozzer
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário