ENTREVISTA: Confira a entrevista com Eduardo Carvalhaes - Escritório Carvalhaes-SP

Publicado em 03/04/2012 18:14 826 exibições
Café: mercado sem novidades deve continuar oscilando entre altas e baixas, mas sem se distanciar dos atuais patamares de preços. Mas tendência de médio prazo é positiva.

4 comentários

  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Desde que a OIC adote a mesma tatica da OPEP, bem entendido...

    0
  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    O Brasil precisa ser esperto, fazendo uma politica de retencao do cafe...Vejam o exemplo,da OPEP, os precos do barril estao absurdamente altos, irreais mesmo, devido ao sistema de cotas...Se liberassem o barril de petroleo ele iria para 20 dolares a unidade, quer dizer que neste caso se apresenta uma oferta reprimida, uma especie de chantagem comercial, porque o petroleo e um elemento basico do desenvolvimento, nao que tenha pouca reserva...Ja que o comercio e um vale tudo, vamos tambem reprimir a oferta, suprindo o mercado interno em primeiro lugar,,,

    0
  • victor angelo p ferreira victorvapf nepomuceno - MG

    Nao existe "Doutor" em cafe...Se quizerem ter um controle dos estoques e so colocar um chip na sacaria ...Nao creio que o cafe da Colombia esteja bem, e preciso ter em mente que o cafe tem tambem um ciclo de produtividade e se eles estao renovando suas lavouras..

    .Os financiamentos sao bem mais importantes que o cafe fisico.. na colheita.

    Produtor fortalecido, tem como resultante, precos sustentaveis...A desvalorizacao do produtor rural num todo, resulta em lucros fabulosos para os especuladores, a Alemanha que o diga...

    0
  • ANTONIO PEDRO DA SILVA Santos - SP

    Fica muito claro que quem manda no mercado é quem tem o produto na mão. O numero de consumidores físicos mundias crescem. Com isso as vendas crescem e os preços tambem.

    0