DA REDAÇÃO: Soja em Chicago inicia semana realizando lucros após fortes altas

Publicado em 16/04/2012 13:44 e atualizado em 16/04/2012 17:01 555 exibições
Soja: mercado começa a semana realizando lucros em Chicago após fortes altas. No Brasil, recuo na CBOT faz ceder até R$ 3/sc, base Sorriso (MT), mas momento ainda é excelente para produtores participarem do mercado.
A semana na Bolsa de Chicago abre com quedas de dois dígitos para a soja. A realização de lucros veio com os investidores retirando suas compras, contribuindo para a queda das cotações que são, aliás, inerentes ao mês de abril, de acordo com levantamentos históricos sobre o período.

No entanto, segundo João Birkhan, diretor da Centrogrãos, não é possível saber ao certo o motivo da forte desvalorização desta segunda-feira (16). O mercado, muitas vezes, se mostra complexo para ser decifrado, “é difícil de entender todos os seus meandros”, diz. Existe, porém, a possibilidade de que a notícia sobre a redução do PIB chinês tenha influenciado negativamente.

O cenário financeiro internacional, inclusive, foi apontado por analistas como fator de redução dos preços da oleaginosa futuramente durante o circuito Aprosoja em Cuiabá. João Birkhan, presente ao evento, conta ter conversado com sojicultores, sendo que um deles havia feito, naquela semana, a sua primeira venda da soja 2011/12, conseguindo uma excelente média de preços.

Entretanto, essa estratégia é muito arriscada e não recomendada. O melhor é a venda paulatina, na forma chamada por Birkhan de “Escadinha”. A cada alta do mercado, o produtor vende um pouco, já que o importante é o resultado de toda a venda da safra. A troca de soja por fertilizantes, defensivos e sementes podem, além disso, ser favoráveis. No ano passado, a base dessa troca foi de 22 a 23 sacos por hectare para os três produtos (fertilizantes, defensivos e sementes).

Por:
João Batista Olivi e Fernanda Cruz
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário