DA REDAÇÃO: Produtores rurais de Ilhéus (BA) perdem suas terras para etnia indígena

Publicado em 09/08/2012 14:59 e atualizado em 09/08/2012 17:27 495 exibições
Terras indígenas: Conflito iminente em Ilhéus (BA), onde nova etnia apontada pela Funai (Tupinambas de Olivenca) ganham terras que hoje são usadas por 22 mil pequenos produtores rurais. A revolta entre a população deve redundar em ocupação do aeroporto de Ilhéus, prevista para amanhã.
Etnia criada pela FUNAI, em 2009 – Tupinambá de Olivença - ganha o direito de reaver terras em Ilhéus (BA), que hoje são ocupadas por 22 mil pequenos proprietários. Segundo o presidente da Associação de Pequenos Agricultores da cidade, Luiz Henrique Uaquim da Silva, na área de 47 mil hectares, existe 90% de agricultura familiar.

“Esse é o modelo que irá erradicar a forma e a miséria no Nordeste. E não há número de índios suficientes para ocupar as terras, então estão recrutando traficantes e formando quadrilhas para invadir as propriedades”, explicou o presidente.

Em decorrência desse cenário, cerca de 5 mil representantes das famílias irão ocupar o aeroporto de Ilhéus, nesta sexta-feira (10). O objetivo é mobilizar as autoridades para a situação dos produtores, e tentar resolver esse impasse.

“Dentro dessa mesma área temos assentamentos do INCRA, associações de negros, que conquistaram suas escrituras com o suor do rosto e os calos nas mãos. Não vamos entregar nada de graças para ninguém”, finalizou Silva.

Por:
João Batista Olivi/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário