ENTREVISTA: Confira a entrevista com Flávio França Jr. - Analista Safras & Mercado

Publicado em 18/09/2012 14:44 361 exibições
Grãos: entrada da colheita norte-americana no mercado físico e a melhora no clima do Brasil pressionam cotações em Chicago, que continuam registrando quedas. Momento é de enquadramento de preços. Mercado já assimilou as perdas e pode até recuar um pouco mais nas próximas semanas.

1 comentário

  • David Navarro Uberlândia - MG

    Tenho lido e ouvido comentários para todos os gostos, e fico aqui tentando entender: Será que esta melhora na produtividade neste Inicio da colheita Norte Americana não está fundamentada no fator que se colhe o que esta bom e vai deixando para trás aquilo que já não há condições de melhorias ????

    Que se há demanda e os estoques estão baixos e há compromissos de entrega, não se prioriza aquilo que possa atender os compromissos, deixando para trás aquilo que não agrega em volume apenas aumenta os custos num primeiro momento ???

    Será que diante da competição Mundial onde os Americanos não admitem perder para ninguém, em se tratando de hegemonia e poder Mundial, não há algumas manipulações que possam inibir as perspectivas de ganhos dos produtores Brasileiros e Argentinos ???

    Será que toda essa engenharia não busca proteger o GRANDE CLIENTE mundial ( CHINA ) de que seu melhor e maior fornecedor ainda esta no lado norte do hemisfério ???

    Como todos comentam então porque não deixar este comentário.

    0