DA REDAÇÃO: Demanda por soja continua alta e preços podem se recuperar

Publicado em 28/09/2012 09:12 e atualizado em 28/09/2012 16:52 298 exibições
Grãos: Dados sobre estoques trimestrais de soja e milho serão divulgados nesta sexta-feira (28). Tendência é que sessão de hoje na CBOT seja volátil. Indecisão do mercado quanto ao tamanho da safra e avanço na colheita pressionam mercado. Demanda continua alta e preços devem se recuperar.
O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) irá divulgar dados na manhã desta sexta-feira (28) sobre os estoques trimestrais de soja e milho. De acordo com o operador de mesa, Flávio Oliveira, a expectativa é de um relatório um pouco confuso.

“Como a colheita de milho está adiantada esse ano, o mercado tem certo receio que a contagem desses estoques incluam a mercadoria nova. Pode ser que os estoques de milho venham acima do esperado em cima dessa expectativa de contagem de mercadoria nova”, explicou Oliveira.

Em decorrência desse cenário, a tendência é que a sessão de hoje na CBOT seja volátil, principalmente na soja. O operador sinaliza que há uma indecisão do mercado quanto ao real tamanho da safra norte-americana e o avanço na colheita contribui para pressionar as cotações no mês de setembro.

“No entanto, acreditamos que depois de uma colheita de cerca de 70% e 80% tanto na soja como no milho, o mercado irá cair em si, a safra é pequena, a demanda é crescente e o mercado tende a ter uma recuperação de preços”, afirmou Oliveira.

Ainda de acordo com operador, em setembro houve vendas técnicas, somando-se a isso o avanço na colheita, e os fundos saindo das posições compradas e liquidaram bastante durante o mês. “Então, acreditamos que a partir de meados de outubro, essa pressão vendedora possa esfriar o mercado tende a ter uma recuperação de ecos diante do fundamento da safra pequena nos EUA, a demanda crescente e os estoques baixos”, disse.

Por:
Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário