DA REDAÇÃO: Saca do feijão carioca é comercializada a R$ 200,00

Publicado em 20/12/2012 13:18 e atualizado em 20/12/2012 16:55 598 exibições
Feijão: saca do feijão carioca é comercializada na faixa de R$ 200,00. Em comparação com o ano passado, o preço médio praticado em 2012 foi 50% maior. Situação é reflexo da seca do início desse ano e da redução das áreas de plantio. Preços no primeiro trimestre de 2013 devem continuar remuneradores.
Os preços da saca do feijão permanecem elevados, a saca do grão está sendo comercializado na faixa de R$ 200,00. Em comparação com o ano passado, o preço médio praticado em 2012 foi 50% maior. 

Para o analista da Correpar, Marcelo Lüders, essa situação é reflexa da seca que atingiu as lavouras no início do ano e da redução da área plantada uma vez que muitos produtores migraram para o plantio de culturas mais rentáveis como a soja e o milho. 

“E o feijão a esse preço irá incentivar os produtores a plantaram feijão a medida que terão espaço nas áreas agricultáveis. Durante o primeiro semestre de 2013 os preços devem permanecer remuneradores”, explica Lüders. 

Além disso, nos dois últimos anos raramente os preços ficaram abaixo de R$ 100,00 e a tendência é que não aconteça no inicio do próximo ano. O analista ainda destaca que há um aumento das áreas com soja e uma redução nas áreas com feijão, não só no Brasil, mas também na Argentina e na China. 

“E a próxima safra na Argentina é somente no mês de maio. Em decorrência dessa situação é recomendado que os produtores diversifiquem as lavouras com outras variedades de feijão como, rajado, vermelho e o feijão preto na segunda safra que começa a ser plantada agora”, disse Lüders. 

Outra característica do feijão preto em relação ao carioca é que permite a estocagem. Os produtores podem retardar a comercialização do feijão preto, há registros do grão guardado durante um ano, e não perdeu a qualidade, conforme relata o analista. 
Por:
Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário