ENTREVISTA: Confira a entrevista com Márcio Santos - Dir. Estratégia e Gerenciamento Prod. Monsanto

Publicado em 30/01/2013 14:30
651 exibições
Monsanto afirma que decisão judicial reconhece que a empresa tem o direito da cobrança dos royalties no Brasil até 2014. Empresa está disposta a negociar os modelos de negócios e as formas de pagamento. Produtores que assinarem o acordo com a Monsanto não irão pagar os royalties da tecnologia RR1 para a safra 2012/13 e 2013/14.

5 comentários

  • salvador reis neto Santa Tereza do Oeste - PR

    quem quiser assinar este acordo com a monsanto deve ir aonde no sindicato.

    0
  • salvador reis neto Santa Tereza do Oeste - PR

    E VER PRA CRER, ALGUEM VAI PLAMTAR E AI VOMOS SEBER SE VALE A PENA.

    0
  • Bertholdo Fernando Ullmann Patos de Minas - MG

    Eu sou da opinão de testar a tecnologia Intacta para cada produtor ter a sua experiencia e informação. Com o tempo, vamos saber se ela vai trazer benefícios financeiros para nós produtores.

    0
  • geraldo emanuel prizon Coromandel - MG

    Este é o momento do produtor brasileiro alforriar-se da monsanto..., pois poderá plantar soja RR, que está livre da patente desde 2010, e não plantar a soja intacta. Vale lembrar, que há mais de 50 anos combate-se lagartas e muitas outras pragas de maior importância nas lavouras brasileiras (mofo-branco, Ferrugem, Mosca Branca, etc..).- O produtor prescinde desta tecnologia no momento, até porque seus ganhos são questionáveis... o produtor nunca perdeu um saco de soja por causa de lagarta, o prejuízo está no custo para combatê-la.- Por outro lado, se o produtor brasileiro deixar de plantar soja intacta por um periodo de 2 anos, a monsanto será obrigada a "piar fininho", dispondo de sua tecnologia a preços compatíveis, pois ela tem vida curta, a exemplo do milho BT, as lagartas já estão desenvolvendo resistencia aos materiais, necessitando de aplicações de inseticidas.
    Chamo a atençao dos produtores brasileiros, aos quais me incluo, para que não se apressem no uso desta tecnologia, pois o momento é impar.-
    Geraldo Emanuel Prizon
    Agricultor e Membro do Conselho do Sindicado Rural de Coromandel-MG

    0
  • cesar augusto schmitt Maringá - PR

    Será que adianta escutar a Monsanto?
    Como se diz na roça...."bagres ensaboados"
    Será que a intacta traz metade dos beneficios que apregoam?
    Não vou pagar para ver.

    0