DA REDAÇÃO: Excesso de chuvas leva perdas para a soja e milho verão, além de prejudicar safrinhas em Cascavel (PR)

Publicado em 19/03/2013 10:18 e atualizado em 19/03/2013 13:32
559 exibições
Safra 2012/13: Excesso de chuvas em Cascavel (PR) prejudica soja e milho verão que ainda não foram colhidos. Perdas para ambas as culturas chegam a 30% da produção estimada. Precipitações dificultam ainda tratos culturais da segunda safra de milho e feijão no município. Soja e milho têm preços em queda, enquanto para o feijão negócios ocorrem em bons patamares.
Produtores de Cascavel (PR) estão há mais de 15 dias com fortes chuvas que dificultam a colheita da soja e milho. Segundo o presidente do Sindicato Rural do município, Paulo Roberto Orso, cerca de 15% das áreas plantadas para ambas as culturas ainda não foram colhidas. 

Além da menor qualidade com grãos ardidos, o volume de precipitações já resulta em perdas de 30% na produtividade das lavouras. O escoamento da produção também é prejudicado pela condição das estradas com o excesso de chuvas. 

 As precipitações já afetam também as safrinhas do município. De acordo com Orso, embora o milho e feijão tenham bom desenvolvimento já existe um potencial de perda, pois os produtores não conseguem entrar nas lavouras para realizar os tratos culturais. A expectativa é de que as chuvas continuem em bom volume até o final deste mês. 

Os preços da soja e milho já apresentam queda, negociados na faixa dos R$52 e R$22, respectivamente, no balcão. Já o feijão carioca opera em patamares mais firmes diante da possibilidade de uma safra menor. Preços variam entre R$170 e R$200, de acordo com a classificação do grão. 
Por Ana Paula Pereira
Fonte Notícias Agrícolas

Nenhum comentário