DA REDAÇÃO: Lavouras de milho Bt sofrem ataque de percevejo e lagarta do cartucho em Doutor Camargo (PR)

Publicado em 21/03/2013 16:00
747 exibições
Safra 2012/13: Lavouras plantadas com milho Bt em Doutor Camargo (PR) sofrem com ataques de percevejos e lagarta do cartucho. Perdas ficam entre 30% e 100% da área plantada e produtores realizam replantio. Aplicações de inseticidas também aumentam custos do produtor.
Lavouras de milho Bt plantadas em Doutor Camargo (PR) são atacadas por percevejos e lagarta do cartucho. Segundo o produtor rural, Ildefonso Ausec, os percevejos vieram no início do plantio e depois as lagartas apareceram no milharal. 

O milho convencional precisa de inseticida desde o início (do cultivo), mas o Bt tem alta tecnologia, vem pronto para não usar inseticida, mas mesmo assim produtor precisou fazer até 4 aplicações, explica Ausec. Segundo ele, mesmo com as aplicações o controle das pragas não teve êxito e perdas ficaram entre 30% e 100% em algumas propriedades.

Ainda de acordo com o produtor, o cereal que foi replantado tem desenvolvimento aquém do ideal devido ao período tardio do cultivo. Esse (milho Bt) não compensa. Nesse preço que ele está, o custo que ele fica e a produção dele. Eu plantei milho para colher em torno de 300 sacas por alqueire, mas nessas condições ele não chega a 200 sacas por alqueire, garante. Produtores em Doutor Camargo pagam cerca de R$30 pelo quilo de semente do milho Bt. 

Atualmente, as chuvas regulares auxiliam no controle da lagarta, mas situação pode melhorar com tempo mais quente. 
Por: Ana Paula Pereira
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário