DA REDAÇÃO: Café - Governo deve anunciar medidas para o setor na próxima semana

Publicado em 25/03/2013 13:50 e atualizado em 25/03/2013 17:11
514 exibições
Café: Governo pode anunciar na próxima semana um aumento no preço mínimo da saca de 60 kg do café arábica, expectativa é que o valor passe de R$ 261,00 para R$ 340,00. Além disso, a prorrogação do prazo de vencimento das parcelas do Funcafé também está prevista. Dessa forma, os produtores poderão comercializar o grão quando as cotações estiverem mais atrativas.
O governo pode anunciar na próxima semana medidas para a cafeicultura brasileira, entre elas, o aumento no preço mínimo da saca de 60 kg do café arábica. A expectativa é que o valor passe dos atuais R$ 261,00 para R$ 340,00. Além disso, a perspectiva é que haja a prorrogação do prazo de vencimento das parcelas do Funcafé.

Analistas explicam que com essas medidas, os cafeicultores terão mais tempo para comercializar o produto no momento em que os preços estiverem mais atrativos.  A princípio as políticas que o Governo pretende implementar irá ajustar o preço interno do grão, e isso pode refletir no mercado internacional de café, acredita o especialista do Instituto de Pesquisa Aplicada (Ipea), José Eustáquio.

O analista de mercado da Maximus Agentes de Investimentos, João Santaella, também acredita que os preços no mercado internacional acompanhem as cotações no mercado interno e podem apresentar um aumento de cerca de US$ 2. Na última sexta-feira (22) o relatório de fundos de investimentos apontou um crescimento nas posições vendidas no mercado em torno de 3.929, no total há 19.500 posições vendidas, então com essas notícias positivas a tendência é que os fundos voltem a comprar posições, o que acaba sendo um fator altista para o mercado, explica Santaella.

Por outro lado, o banco Rabobank projetou números mais altos para o café no mercado internacional, em torno de 14%. Essa situação seria decorrente de uma oferta menor do café arábica.

Ainda de acordo com o analista, outro fator que tem pressionado as cotações do café arábica a valorização do café conillon no mercado internacional. Com isso, o torrefador ele vê que o conillon começa a realizar lucros, como é o caso da sessão desta segunda-feira (25), vão para o arábica, o que faz com que os preços do arábica fiquem mais atrativos, finaliza Santaella.
Por: Kellen Severo/ Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

Nenhum comentário