DA REDAÇÃO: Com problemas logísticos, soja sai do Paraná para ser exportada via porto de Rio Grande

Publicado em 08/04/2013 16:03 e atualizado em 08/04/2013 18:04 645 exibições
Safra 2012/13: Produtores de Assis Chateaubriand (PR) enviam soja para o Porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, diante de problemas logísticos em Paranaguá. Custo do frete é de R$10/saca de soja. Oleaginosa é negociada com preços em torno dos R$50 no município. Milho opera a R$19/saca no disponível.
Produtores de Assis Chateaubriand (PR) exportam produção de soja pelo porto de Rio Grande, diante dos problemas logístico do porto de Paranaguá. De acordo com informações do presidente do Sindicato Rural do município, Valdemar Melato, a soja que vai para Rio Grande é de contratos firmados antecipadamente e está com entrega atrasada. O custo de escoamento até o Rio Grande do Sul é de até R$10/saca.

A saca de soja é negociada em Assis Chateaubriand com preço médio de R$50 a saca. A produtividade média, de acordo com Melato é historicamente a melhor do município com 55 sacas/hectare. Segundo o presidente, há localidades em que a produtividade chegou até a 70 sacas/hectare.  

Milho – O milho safrinha registra ótimo desenvolvimento no município e hoje ocupa 70 mil dos 75 mil hectares destinados à produção de grãos em Assis Chateaubriand. A expectativa de produtividade, de acordo com Melato, é de 100 sacas/hectare. 

A saca de milho é negociada na faixa dos R$19, ante R$28,50 já praticados nesta temporada no município. O preço atual, segundo o sindicalista, não cobre os custos de produção, mas parte da produção foi vendida antecipadamente acima dos R$20. 
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário