DA REDAÇÃO: Tonelada da mandioca sai dos R$150 para até R$900 com seca no nordeste

Publicado em 22/04/2013 11:18 e atualizado em 22/04/2013 13:51 1873 exibições
Mandioca: Preços da tonelada saem dos R$150 para até R$900 no nordeste brasileiro em função da severa estiagem que atinge a região do país. Altas são sentidas também nos derivados e preços devem continuar firmes durante todo o ano, favorecendo aumento na área plantada na região centro-sul.
A grave seca que atinge o nordeste brasileiro resultou em uma quebra significativa na produção de mandioca e derivados na região e, como consequência, uma elevação brusca nos preços. Números do IPCA mostram uma alta de até 150% nas cotações em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, de acordo com Antonio Donizette Fadel, presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Amido de Mandioca (Abam), as altas podem ser ainda maiores, segundo ele, a tonelada da mandioca saiu dos R$150 praticados na região nordeste há 18 meses para até R$900 atuais.

Algumas farinheiras nordestinas têm importado de outros estados a mandioca fresca, para processamento na região, a fim de tentar manter os empregos do setor. 

Segundo Fadel, os preços devem se manter firmes com novas possibilidades de alta no segundo semestre deste ano, resultando em incremento na área plantada de 25% na região centro-sul em 2013, aumentando a oferta do produto no segundo semestre de 2014. De acordo com ele, a seca eliminou o material de plantio no nordeste e mesmo que volte a chover em breve, a região levaria entre 3 e 4 anos para normalizar sua produção. 
Por:
Ana Paula Pereira
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário