DA REDAÇÃO: Ferrugem nos cafezais da América Central pode afetar a produtividade das lavouras

Publicado em 17/05/2013 14:01 e atualizado em 17/05/2013 16:30 505 exibições
Café: Ferrugem nos cafezais na América Central pode afetar a produtividade das lavouras. Praga é devastadora e resistente aos fungicidas utilizados pelos produtores. Além disso, topografia da região é favorável à proliferação da doença, o que agrava a situação.

Nesse momento, com o café pronto para ser colhido, as cotações são derrubadas. Porém, números da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam que irá faltar café. Na América Central, o fungo Hemileia vastatrix está atacando os cafezais e causando ferrugem, o que implica na perda de qualidade do grão. Portanto, pode até ser que haja café suficiente, mas de baixa qualidade.

De acordo com o Superintendente do Mercado Interno da Cooxupé, Lúcio Dias, esse fungo é extremamente resistente aos fungicidas e, além disso, a topografia da América Central é muito íngreme nas regiões produtoras de café como Colômbia, Salvador, Panamá, Costa Rica Nicarágua, Honduras e Guatemala. Nesses terrenos irregulares, o café é cultivado sombreado em baixo de florestas, ambiente excelente para a proliferação da ferrugem. Dias afirma que os produtores não estão conseguindo combater o fungo e que nos próximos anos, com certeza, vai haver uma grande queda na produção de café da região.

Por:
João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte:
Notícias Agrícolas

RECEBA NOSSAS NOTÍCIAS DE DESTAQUE NO SEU E-MAIL CADASTRE-SE NA NOSSA NEWSLETTER

0 comentário