DA REDAÇÃO: Quebra na safra de café conillon do ES será em torno de 30%

Publicado em 27/05/2013 15:29 e atualizado em 27/05/2013 16:54 402 exibições
Café: Com cerca de 80% da produção colhida, produtores de Jaguaré (ES) relatam quebra de 30% na safra. Os números são diferentes dos divulgados pela Conab. Na região, a saca do grão é negociada entre R$ 235,00 e R$ 240,00, valores que cobrem os custos de produção, mas não permite que os cafeicultores se capitalizem.

Em Jaguaré, Espírito Santo (ES), com cerca de 80% da safra do café conillon colhida, produtores afirmam que a quebra na produção será de no mínimo 30%, estimativa muito distante da previsão da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento), anunciada no dia 14 de maio, de apenas 2,5% de quebra.

Segundo o Presidente do Sindicato Rural de Jaguaré, Giovanni Sossai, tanto os produtores do Espírito Santo, como os do sul da Bahia, segunda maior região produtora do café conillon no Brasil, estão sofrendo com a quebra do café. “Secadores de café que em 2012 davam cerca de 42 sacas de café pilado, este ano estão dando cerca de 32 sacas, ou seja, só no peso a quebra já é bastante significativa”, completa Sossai.

Apesar disso o valor da saca de café conillon no Espírito Santo está em torno de R$ 240, preço com o qual os produtores conseguem trabalhar mesmo sem sobras para capitalização.

Por:
João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte:
Notícias Agrícolas

0 comentário