DA REDAÇÃO: Geadas em diversas regiões do país podem aumentar oferta de boi gordo e diminuir os preços

Publicado em 23/07/2013 13:57 e atualizado em 23/07/2013 16:08
493 exibições
Boi: Notícias de geadas em várias partes do Brasil prejudicam bastante o pasto. Animais devem ser vendidos ou retidos, o que pode gerar um aumento de custo, que já é bastante elevado. O cenário futuro, segundo analista, para o mercado do boi gordo, é de pressão de baixa. Para o mercado se manter firme, desova de animais deve ser pequena.

Esta semana começou com notícias de geadas em diversas regiões do Brasil, o que acaba prejudicando os pastos para os bois. No Mato Grosso do Sul (MS) e no norte do Mato Grosso (MT), o capim estava em condições bastante favoráveis para o pecuarista conseguir reter animais, porém, com a chegada do frio, o capim será prejudicado e os pecuaristas devem entregar esses animais ou aumentar os custos para retê-los.

Nesta terça-feira (23), o mercado do boi gordo já começa a ser pressionado por algumas indústrias que apostam no aumento da oferta de animais devido ao frio. De acordo com o analista de mercado, Alex Santos Lopes, os pecuaristas que ainda não têm animais com peso ideal para abate não terão outra saída a não ser gerar um aumento de custo e, consequentemente, estreitar a margem de lucro.

Nesse momento, o mercado deve se manter firme apenas se essa oferta de animais for restrita, sem tantos bois para serem entregues, caso contrário, em curto prazo os preços deverão diminuir.

Por: Kellen Severo e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário