DA REDAÇÃO: Royalties - Aprosoja RS não deve entrar em acordo com Monsanto

Publicado em 24/07/2013 13:48 e atualizado em 24/07/2013 16:38
621 exibições
Royalties: Presidente da Aprosoja RS diz que estado do Rio Grande do Sul não entrará em acordo com a Monsanto. Ele explica que já entraram com ações judiciais e que Monsanto tem o dever de devolver os valores cobrados indevidamente pela RR1. A empresa não procurou o estado para acordo.

A Aprosoja Rio Grande do Sul (RS) não deve entrar em acordo com a Monsanto, uma vez que já existe uma ação judicial, que percorreu todos os trâmites, e a multinacional tem que pagar por meio de processos individuais os valores cobrados indevidamente pela soja RR1, cuja patente venceu em 2010.

O Presidente da Aprosoja RS, Irineu Orth, afirma que a Monsanto não os procurou para um acordo, mas mesmo que o fizesse, o acordo não seria realizado, assim como sojicultores do Mato Grosso (MT) fizeram, para receber descontos pela soja RR2 Intacta porque, segundo Irineu, esse acordo é unilateral, beneficiando apenas a Monsanto.

“O fato de que a nova tecnologia RR2 trará grandes resultados precisa ser comprovado. Muitos agricultores do RS plantaram a Intacta no último ano e tiveram resultados até menores do que as sojas convencionais, ou a RR1 ou outras variedades. Outro aspecto defendido pela RR2 é o fato dessa soja ser resistente a lagarta helicoverpa, porém já existem tecnologias para dominá-la”, diz Irineu.

O Presidente da Aprosoja RS acredita que os agricultores que já possuem o direito de serem restituídos da cobrança indevida da RR1 por meio de decisão judicial, não farão acordo deixando de receber esse valor.

Por: Kellen Severo e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • Vilson Ambrozi Chapadinha - MA

    A tecnologia bt , aplicada no milho , em nossa região foi uma catástrofe .A helicoverpa simplesmente desconheceu .Até o momento ,não apareceu ninguém dos detentores dos direitos a assumir os prejuízos .Quando por ocasião do lançamento vieram com palestras ,bonés ,churrasco, cerveja etc .Agora por enquanto o prejuízo é do produtor

    0