DA REDAÇÃO: Mandioca – Com redução na oferta, preços estão elevados no mercado

Publicado em 26/07/2013 13:12 e atualizado em 26/07/2013 16:59
918 exibições
Mandioca: Mercado está bastante favorável aos agricultores. Preços estão altos e derivados estão rendendo. Quebra de produção no Nordeste fez com que diminuísse os estoques e que a demanda desta região do país impulsionasse a busca pela produção do estado de São Paulo. Tonelada da fécula chega a quase 2 mil reais. Especialista diz que serão necessários mais dois anos para o mercado se recuperar.

O mercado da mandioca está favorável aos produtores rurais. Com a quebra na safra do Nordeste no ano passado, devido à estiagem, os preços estão mais altos este ano. A produção de 2013 é a menor desde o ano de 2004.

O pesquisador do Cepea, Fábio Isaías Felipe, destaca que com a quebra na produção do Nordeste, principal fornecedor do produto, a produção diminuiu expressivamente, assim como, a produção de farinha. Consequentemente, os compradores passaram a se abastecer com o produto do Centro-Sul do país, situação que contribuiu para o aumento nas cotações.

Em 2012, a tonelada da mandioca era comercializada a R$ 190,00, atualmente, o valor é de R$ 334,00. A alta também é vista nos produtos derivados, a fécula de mandioca que era negociada a R$ 1150,00 ano passado, é vendida a quase R$ 2 mil.

Da mesma forma, a farinha de mandioca dobrou de preço. Ano passado, a saca de 50 kg da farinha tipo fina branca era negociada a R$ 50,00 e agora é vendida a R$ 108,00. Ainda na visão do analista, serão necessários mais dois anos para o mercado se recuperar. “Temos um cenário de preços recordes e o cenário deve continuar ao longo desse ano”, afirma. 

Por: Kellen Severo//Wllyssys Wolfang//Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário