DA REDAÇÃO: Em Maracaju (MS), pastagens foram totalmente prejudicadas após geada na última semana

Publicado em 30/07/2013 13:19 e atualizado em 30/07/2013 14:50
407 exibições
Clima: Anteriormente em boas condições, pastagens estão amarelas em Maracaju (MS), após as intensas geadas na semana passada. Maioria dos pecuaristas, que não possuem suplementos para o gado, começam a vender os animais a preços menores para evitar prejuízos posteriores. O estoque de soja do Mato Grosso do Sul também já foi vendido.

Na última semana, após 2 dias de geadas em Maracaju (MS) as pastagens foram totalmente prejudicadas e nesse momento estão amareladas. Com isso, os pecuaristas que não tem silo estão se desfazendo das boiadas a preços baixos para evitar prejuízos posteriores.

“Na região nós fazemos a integração da agricultura com a pecuária, mas agora não há pasto para mais nada, tudo foi atingido pela geada que foi a pior dos últimos 13 anos”, afirma o produtor rural, Euripedes Mario Dutra.

No entanto, o milho safrinha que já estão com a produção e a colheita bastante adiantadas, não sofreu com a geada e cerca de 90% da lavoura não foi prejudicada.

Em Maracaju, o preço do milho está a R$ 15,00/saca com pagamento para 15 dias. A soja disponível na região já é escassa, mas o preço está a R$ 62,00/saca e o preço futuro a R$ 50,00/saca.

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário