DA REDAÇÃO: Geadas prejudicaram a produção de uva em Marialva (PR), perdas podem chegar a 40%

Publicado em 31/07/2013 13:21 e atualizado em 31/07/2013 16:28
684 exibições
Geada: Na cidade de Marialva, no Paraná, geadas prejudicaram a produção de uva. Produtores já tinham feito cerca de 70% de suas podas, das quais 90% foram atingidas, obrigando produtor a repodar as uvas sem a garantia de uma boa produção. Cidade é maior produtora de uva do estado e responsável por 40% da produção nacional.

As geadas que atingiram as lavouras do Sul do país afetaram também a produção de uva em Marialva (PR). Os produtores do município já tinham feito cerca de 70% das podas quando os eventos climáticos alcançaram as plantações, na semana anterior.

O presidente do Sindicato Rural da cidade, Lindalvo José Teixeira, destaca que a uva é produzida no ramo e grande parte dos ramos foi destruída pelas geadas. “Da totalidade de uva que havia sido podada em Marialva, 90% foram atingidas pelo evento climático. Com isso, o produtor terá que repodar a uva, mas sem garantida de uma boa produção”, destaca.

Os prejuízos ainda serão definidos, mas as perdas na produção podem chegar a 40%. Marialva é a maior cidade produtora de uva do estado e responsável por 40% da produção nacional. Na cidade, a produção envolve 1.100 famílias de pequenos e médios produtores e gera mais de 6.500 empregos.

“Essa é uma questão social muito séria, envolve um número avantajado de pessoas, estimula o comércio. Com essa situação, poderemos ter um êxodo rural provocado pelas geadas. O governo deve agir para ajudar a manter essas famílias na produção agrícola”, diz Teixeira.

Por: João Batista Olivi/Fernanda Custódio
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário