DA REDAÇÃO: Produtores acampam na margem do Rio Iguaçu (PR) para impedir avanço de hidrelétrica

Publicado em 31/07/2013 13:29 e atualizado em 31/07/2013 17:40
473 exibições
Protesto: Em Capitão Leônidas Marques (PR), produtores estão acampados no Rio Iguaçu, para impedir que suas terras sejam ocupadas pelo avanço da hidrelétrica que está sendo construída no rio. Cerca de 90% destes produtores são pequenos proprietários e possuem terras que vão de 10 a 20 hectares. Valores oferecidos pelas terras são baixos.

Em Capitão Leônidas Marques (PR), produtores rurais estão acampados na margem direita do Rio Iguaçu com o objetivo de impedir que as suas terras sejam ocupadas pelo avanço de uma hidrelétrica que está sendo construída na região. As famílias dos agricultores estão se revezando em grupos de 50 durante o acampamento.

O produtor rural, Valdisnei Ribeiro, afirma que eles não são contra o progresso, mas que a indenização oferecida pelas terras está abaixo dos valores reais. Além disso, a margem do rio é uma grande região produtora.

“Existem famílias que moram nessa área há 50 anos e se nós formos bem indenizados já será um grande problema social sair daqui e com uma indenização injusta será ainda pior”, diz Ribeiro.

Na região, cerca de 414 famílias poderão perder as suas terras com o avanço da hidrelétrica, sendo que 90% dessas famílias são de pequenos produtores.

Por: João Batista Olivi e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário