DA REDAÇÃO: Mercado do boi gordo deve permanecer estável em curto prazo

Publicado em 13/08/2013 12:16 e atualizado em 13/08/2013 17:53
398 exibições
Boi: apesar de uma demanda por carnes abaixo da expectativa nas primeiras semanas de agosto, a sustentação nos preços da arroba tem sido garantida pela menor oferta de animais.

No início deste mês e na chegada do Dia dos Pais era esperado um aumento na demanda por carne bovina, com uma melhora no consumo. No entanto, esse aumento não foi confirmado e o consumo melhorou apenas um pouco, mas havia muita carne no mercado, com isso os estoques não foram enxugados e não contribuíram para a elevação dos preços do boi gordo.

Em São Paulo (SP), a arroba do boi está sendo negociada entre R$ 100,00 e R$ 102,00, o mesmo preço da última semana. A consultora da FCStone, Paola Junqueira, afirma que o mercado está estável, mas sustentado pela oferta de bois: “Agora a oferta de boiadas tende a ser menor, com a diminuição da oferta de animais de pasto e a entrada de animais de confinamento, que tende a se intensificar a partir desse momento, mas ainda não se sabe o volume dessa oferta. Esperamos um mercado estável em curto prazo, com preços nos patamares atuais, em consequência da falta de oferta”.

As indústrias que trabalham com contrato de boi a termo se encontram mais confortáveis, com escalas melhores e mais facilidade para comprar, por isso essas indústrias precisam comprar menos e têm uma situação melhor do que as indústrias que não trabalham com boi a termo, mas ainda existem frigoríficos que precisam buscar animais.

Segundo Paola, as escalas estão em torno de 6 a 7 dias úteis, o que não é muito apertado, mas há frigoríficos com 4 dias de escala. Com isso a tendência é de pressão devido às vendas fracas de carne, que não favorecem a indústria. Cabe ao produtor decidir se oferta ou segura os seus animais, mas Paola alerta que é caro segurar bois confinados e essa decisão pode ser arriscada para o pecuarista.

Por: Aleksander Horta e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário