DA REDAÇÃO: Recorde da safra norte-americana não deve acontecer

Publicado em 22/08/2013 13:40 e atualizado em 22/08/2013 15:55
1043 exibições
Safra Americana: Produção norte-americana está verde, mas recordes que o país esperava superar não virão. Como safra foi plantada tardia, as geadas podem dificultar a produção. Em uma visão geral, agricultura irá passar por um período de recomposição de estoques, que irá trazer preços mais baixos, segundo professor da USP que mora no meio-oeste dos EUA.

Nos EUA as condições climáticas estão bem melhores este ano do que em 2012. A produção está verde, mas o recorde esperado para a safra não deve acontecer. Ainda existem preocupações em relação ao plantio tardio da safra, que corre o risco de pegar geadas no final do seu desenvolvimento. Além disso, alguns estados norte-americanos, como Iowa, enfrentam seca.

O Pesquisador da USP, Marcos Favas Neves, afirma que, no geral, a visão é que a agricultura passará por um período de recomposição de estoques nos próximos anos, com isso os produtores terão que se acostumar a um nível de preços mais baixos. No caso do Brasil isso pode ser recompensado devido ao novo patamar do dólar, porém os produtores brasileiros têm que buscar eficiência, uma vez que as produções de grãos reagiram no mundo todo em virtude dos bons preços.

Marcos diz ainda que nos EUA os produtores de carne estão animados porque o preço do grão está mais barato e com isso a produção fica competitiva, principalmente a de suínos, frangos e perus, que enfrentaram momentos difíceis com os altos preços dos grãos.

No Brasil, a preocupação é a questão dos acordos internacionais, que devem ser repensados, principalmente em relação ao Mercosul. Marcos afirma que na América do Sul alguns países estão construindo acordos comerciais com rapidez, enquanto o Brasil se mantém amarrado ao Mercosul.

Por: Sebastião Garcia e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário