DA REDAÇÃO: Em Ilhéus (BA), população enfrenta problemas com invasões indígenas

Publicado em 22/08/2013 14:15 e atualizado em 22/08/2013 17:10
604 exibições
Produtores se reuniram com o Secretário de Agricultura da Bahia, que foi conversar a pedido do governador para saber quais eram as demandas da população a respeito dos problemas de demarcação de terras indígenas no sul do Estado. Câmara municipal de Buerarema, aprovou um documento pedindo a suspensão dos laudos da Funai.

Nesta última quarta-feira (21), o Secretário de Agricultura da Bahia (BA) se reuniu com representantes de diversos segmentos da sociedade para saber quais são as demandas da população.

No entanto, o Diretor Financeiro da Associação dos Produtores de Ilhéus e Região, Abiel da Silva Santos, afirma que há 6 anos todos os problemas que a região vive são enviados a Secretaria de Agricultura do estado, mas nada foi feito até se chegar na situação atual, em que a própria população resolveu reagir.

“Agora não é só mais uma questão dos agricultores, é também da sociedade como um todo porque Ilhéus virou uma terra sem lei, onde o Ministério Público não atua para fazer cumprir decisões judiciais, índios mantêm invasões em propriedades que têm mandado de reintegração de posse e ameaçam os produtores e toda essa situação interfere na economia do município”, diz Abiel.

Na região, a cidade de Buerarema era uma das maiores produtoras de farinha do estado e já não produz mais nada. O comércio também acabou e o desemprego está cada vez mais acelerado. Tudo isso devido à expulsão dos produtores rurais das suas propriedades.

Com toda essa situação, na última terça-feira (20) a Câmara Municipal de Buerarema aprovou um documento para entrar com uma ação judicial pedindo a suspensão dos relatórios fraudulentos realizados na região pela Funai e também a suspensão do Ministério Público Federal de Ilhéus e Itabuna devido a omissão desse órgão frente as questões indígenas.

Brasília: Nesta última quarta-feira (21), a Ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, ligou para o Presidente da Comissão de Integração Nacional e Amazônia, Deputado Jerônimo Goergen (PP/RS), informando que pretende receber os parlamentares para discutir a questão indígena. Em função disso a Comissão não vai mais convocar a Ministra para prestar esclarecimentos na Câmara dos Deputados.

Por: Sebastião Garcia e Paula Rocha
Fonte: Notícias Agrícolas

1 comentário

  • gewilsom pereira mrtins cianote - PR

    GENTE PERDEMOS O PAIS,VAMOS EMBORA,DEIXAMOS TUDO PRO PT E PRO INDIOS,ELES PRECISAM DE BASTANTE TERRAS,NOS NAO PRECISAMOS DE NADA VIVEMOS DE VENTO.

    0