DA REDAÇÃO: Produtores dos Estados Unidos esperam queda na produtividade e aumento de preços de soja e milho

Publicado em 26/08/2013 13:33 e atualizado em 26/08/2013 15:01
992 exibições
EUA: Na cidade de Moline, em Illinois, faz muito calor, segundo repórter do Canal Rural que está visitando propriedades americanas. Em Iowa, na semana passada, repórter conversou com um produtor que acredita em perdas de 5% para o milho e perdas de 8% a 10% para a soja, o que irá ocasionar em preços ainda melhores para os grãos.

O clima seco no meio-oeste americano deve ocasionar perdas de produtividade e provocar altas nos preços do milho e da soja. É o que informa Kellen Severo, jornalista do Canal Rural, que está visitando algumas áreas de produção dos Estados Unidos. “Eu conversei com o produtor John Maxwell, de Iowa, e ele disse que os preços tendem a melhorar, pois o milho deve ter perda e números devem ser 5% menores do que projetado pelo USDA”. Para a soja, de acordo com Kellen, John também estima uma perda de 8% a 10%. “Já viajei por três estados e o que eu vi foi uma situação muito irregular das lavouras. Em algumas regiões a produção de milho e soja está boa, mas em outras a situação é bem ruim”.  

Kellen, que hoje está em Moline, no estado de Illinois, afirma que o clima está muito quente por lá. “Alguns canais de TV indicam previsões acima dos 40º C, o que claro não é nada bom para o desenvolvimento dessas lavouras de soja e milho”, conclui a jornalista. 

Por: João Batista e Fernanda Bellei
Fonte: Notícias Agrícolas

0 comentário